NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 16 de Fevereiro de 2019

ARTIGOS
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2019, 17h:14

* GRACI OURIVES DE MIRANDA

Prevenir tragédias

Autoridades vamos priorizar vidas e ecossistema. Políticos despertem, é importante o bem-estar da sociedade. É difícil acreditar a ocorrência das tragédias em tão curto espaço de tempo. Há três anos a população brasileira não entendia como uma empresa de grande porte constrói uma barragem-Mariana-MG, que rompeu em 5/11/2015 e há destruição do ecossistema e mortes de 19 cidadãos, em Bento Rodrigues-MG, familiares e amigos sofreram e sofrem. Atualmente nós nos deparamos com mais uma crueldade, a Mineradora Vale, em que houve o rompimento da barragem em Brumadinho - Minas Gerais, em 25/01/2019 e no desastre foram mortos mais de 58, sendo que ainda há muitos desaparecidos. É lamentável para a humanidade e para o país. Foram vidas ceifadas e que, causou danos irreparáveis no meio ambiente, e os recursos hídricos que, ficaram altamente comprometidos. E, nós nos perguntamos onde estavam os órgãos fiscalizadores? É importante para população que haja postura e ações de alguns empresários, a favor do bem comum, se tivessem atuado com prevenção, teriam poupado muitas dores e sofrimentos. Em que momento do planejamento da barragem o Estado apresentou preocupação com as vidas? E o monitoramento era regular? E os licenciamentos? Quem os aprovava? Prevenir só nos traz benefícios e esperanças de vida. Se isto tivesse ocorrido, jamais! Haveria tragédias, nem humanas e nem sequer destruição do ecossistema. Na atualidade, parece-nos que, alguns empresários pensaram somente nos lucros excessivos. Os riscos foram previstos? Devemos ter relevantes ações responsáveis para com o País. E, assim atuando com prevenção, usando tecnologias do primeiro mundo. Então, com tecnologias avançadas teremos um Brasil globalizado e humanístico. Desde então, fluirá esperanças para as atuais e futuras gerações. Lamentavelmente, só após a tragédia em Brumadinho-MG foi manifestado a intenção de mudar as regras? Até que ponto? Cidadãos nacionais e internacionais, estes foram obrigados a presenciar vidas destruídas pelo descaso e irresponsabilidade de alguns? Será que realmente a partir das catástrofes algumas autoridades irão refletir sobre tragédias de grande porte? Nós sociedade precisamos nos unir e demonstrar para os poderes que prevenção é evitar crises em todos os níveis. Creiamos que, prevenir é manter milhares de famílias unidas e ecossistema equilibrado. Sociedade vamos ter esperanças em nossos corações, e que, o Brasil será transformado, e ainda se orgulhará do verde e amarelo, então nunca mais haverá localidade banhado de lama. Autoridades vamos aprimorar esforços para ficar atentos com as barragens existente no Estado de Mato Grosso. Recorro ao cantor/poeta, Chico Buarque, música 'Cálice' diz: “(...) Pai, afasta de mim esse cálice... Tanta mentira tanta força bruta... Atordoado eu permaneço atento...Ver emergir o monstro da lagoa(...)”. * GRACI OURIVES DE MIRANDA, professora Português/literaturas: Língua Portuguesa e inglês/literatura inglesa. Registro LP9614565/Demec/SP-SP. Especialização História Social - UFMT. Curso - USP-SP: “Prática de ensino da língua inglesa”. 02 artigos científicos - UFMT. 04 Livros publicados, sendo 1 - obra científica go.miranda@uol.com.br

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL