NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Azul
Sábado, 26 de Outubro de 2002, 11h:09

CINEMA/CRÍTICA

Descubra a identidade de Bourne

O astro Matt Damon se destaca em filme repleto de ação em que perseguições espetaculares pelas ruas de Paris prendem a atenção do espectador

RAQUEL BARUA CUNHA
Especial para o AZUL
Suspense, intriga, espionagem, ação, perseguições espetaculares, são alguns dos elementos do filme “A Identidade de Bourne” dirigido por Doug Liman e estrelado pelo carismático Matt Damon, do sempre lembrado filme Homem Que Fazia Chover e Gênio Indomável, pelo qual recebeu o Oscar de melhor roteiro. “A Identidade de Bourne” é uma adaptação do romance de Roberto Ludlum(The Bourne Identity) em que Matt Damon incorpora o herói atípico que desmemoriado é salvo por um grupo pesqueiro no Mar Mediterrâneo, com duas balas nas costas e a única coisa que pode levar à sua identidade é um número de uma conta bancária na Suíça. Parte para Zurique, onde encontra no cofre muito dinheiro, uma arma automática e vários passaportes, um dos quais é de um norte-americano chamado Jason Bourne com endereço em Paris. Dessa descoberta começa a intriga de Bourne(Matt Damon) compartilhada com espectadores que perguntam: Quem é ele? Quem atirou? Porque está sendo perseguido? Trata-se de um agente da CIA, assassino profissional, com talentos impressionantes de combate e auto-defesa, proporcionando lutas incríveis que intrigam Bourne sobre a sua identidade, porque não sabe de onde vem tais especialidades, mas o espectador fica logo sabendo que se trata de um agente extremamente perigoso sendo perseguido pelos seus antigos companheiros porque se tornou um arquivo ambulante que precisa ser eliminado. Impressionante é a forma como o roteiro conduz o filme a um conflito sentimental. Sabemos que Bourne é uma assassino, cruel e de caráter duvidoso, mas o espectador se rende a simpatia("que não é muito difícil!") pelo bandido que transforme em herói devida a amnésia não têm consciência de quem é o que fez, assim, convence e cai nos braços da mocinha Marie Kreuts,(Franka Potente,de Corra, Lola, Corra), conseguindo cair também na graça de todo público que torce pelo bandido-herói mesmo que, em todo o tempo, o filme não nos deixe esquecer que Bouner era um deles. Um bom roteiro sempre rende bons filmes, como é caso de “A Identidade Bourne”, bem dirigido e ambientado em um cenário perfeito, com uma fotografia exemplar de perseguições espetaculares pelas ruas estreitas de Paris, com cenas de corridas de carros, tiros, combates corpo a corpo, uma verdadeira caçada repleta de suspense, porém não inova nos filmes do gênero, mas pelos elementos que traz de ação e espionagem. Vale a pena conferir ou melhor descobrir a identidade de Bourne.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL