NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019
Azul
Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2018, 14h:28

PREÇO DE PAUTA

Vendas de suíno seguem isentas de taxação em MT

Pela segunda vez, a suspensão da cobrança de preços mínimos (preço de pauta) para as operações interestaduais com animais e produtos oriundos da suinocultura é prorrogada. O decreto foi assinado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) no dia 21 de dezembro 2017, e publicado no Diário Oficial no dia 26 do mesmo mês e começou a vigorar em 1º de janeiro de 2018. A decisão é fruto de diversas reuniões entre a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) que questiona junto a Sefaz a forma com que é feita a cobrança do imposto. “É uma boa notícia para todos os suinocultores de Mato Grosso, tendo em vista que o último reajuste na taxação foi prejudicial para a manutenção da atividade. Há muito tempo pedimos ao governo que reavalie a forma com que o imposto é cobrado, se for o caso, rever e alterar os critérios utilizados para aferição de preços mínimos aplicáveis às operações interestaduais”, afirma o presidente da Acrismat, Raulino Teixeira. Conforme Raulino, a última alta reajustou, em 20 de março de 2017, o valor de pauta em 46%, quando saiu de R$ 3,20 para R$ 4,74. O dirigente ressalta ainda a instabilidade pela qual a atividade passou nos últimos anos. “A suinocultura é uma atividade permanente, e nos últimos anos tem enfrentado períodos de crise, a operação carne fraca é um dos exemplos recentes de crise” explica. (MP).

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL