NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
CIDADES
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2018, 17h:40

OBRA DA COPA

COT da UFMT recebe mais um aditivo de prazo

Circulou no Diário Oficial do Estado o décimo primeiro Termo Aditivo ao contrato das obras do Centro Oficial de Treinamento, Professor João Batista Jaude, o COT da UFMT. Orçada em mais de R$ 17 milhões, a obra deve ser finalizada ainda neste semestre. Segundo a publicação no Diário Oficial, ao prazo de execução e vigência do contrato será acrescido 120 dias, que se encerrará no próximo dia 28 de março. E ainda adita-se ao prazo de vigência 120 dias, cujo termino será em 26 de junho deste ano. No próximo mês completam-se cinco anos do início da obra, que começou em março de 2013. Os trabalhos deveriam ser finalizados no início de 2014 para a Copa do Mundo. Atualmente, segundo a Secretaria de Estado de Cidades, 85% das obras estão concluídas, sendo quase finalizada a fase de concretagem para instalar a pista de atletismo. Os serviços, tocados pela Consórcio Universitário, formado pelas empresas Engeglobal e Três Irmãos, apresentaram lentidão em todo o período. Agora um dos entraves seria o período chuvoso que vem causando baixa execução da obra. Idealizado pelo professor e arquiteto José Afonso Portocarrero, o projeto do COT UFMT inclui uma área construída de 5,4 mil metros quadrados, com capacidade para receber até 1,5 mil torcedores. A estrutura engloba campo de futebol, uma pista de atletismo, vestiários, banheiros, área destinada à imprensa e camarotes. Conforme projeto apresentado pela UFMT, a pista de atletismo terá 400 metros e oito raias, conforme prevê a Confederação Brasileira de Atletismo. Além disso, o pavimento será vulcanizado, terá com dupla camada de borracha natural e sintética (polysoprene), além de acessórios físicos. No início de janeiro chegou a Cuiabá o material sintético e os equipamentos fixos da pista de atletismo para serem instalados no Centro Oficial de Treinamento (COT). O material foi adquirido por US$ 1.560 milhão, recurso obtido pela UFMT junto ao Ministério dos Esportes e importado da Itália. O revestimento de borracha conta com certificação da Internacional Association of Athletics Federations (IAAF), que permitirá a inclusão do estado de Mato Grosso no calendário de competições internacionais na modalidade. (AA)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL