NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
CIDADES
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018, 18h:25

COLETA DE LIXO

Empresa terá que limpar margens do rio

Nova empresa deve disponibilizar 120 lixeiras subterrâneas e limpar margem do rio Cuiabá

ALINE ALMEIDA
Da Reportagem
A Prefeitura de Cuiabá lançou licitação para contratação de empresa para coleta de lixo em Cuiabá. A concorrência, na modalidade menor preço, está marcada para o próximo dia 19. Entre as exigências estão a instalação de 120 lixeiras subterrâneas e a coleta de lixo as margens do rio duas vezes por semana. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos reforça no documento que o valor da proposta não deve extrapolar R$ 40 milhões. O contrato prevê ainda a coleta seletiva e o tratamento de chorume. No caso do chorume, deve ser contemplada uma estação para tratamento do mesmo e até mesmo a reutilização da água. Conforme o edital, a empresa contratada deverá disponibilizar aos munícipes, contêineres que serão distribuídos na quantidade de 500 unidades conforme orientação da secretaria e plano de trabalho. As áreas onde serão implantados o sistema de coleta, através de contêineres, serão prioritariamente sentido centro – bairro. Também devem ser implantados contêineres semienterrados. Os contêineres a serem instalados, durante a vigência do contrato, inicialmente em total estimado de 30, sendo 15 contêineres semienterrados de cinco metros cúbicos e 15 contêineres semienterrados de dois metros cúbicos). “A finalidade deste serviço é atender áreas de difícil acesso à coleta regular e com maior geração de resíduos, eliminando grandes amontoados de lixo, evitando assim a proliferação de vetores nocivos à saúde da população, odores desagradáveis e melhorando o efeito visual das áreas atendidas”, confirma documento. A implantação dos contêineres dar-se-á em áreas ou vias e logradouros públicos a serem indicados pela prefeitura quando e onde as características destas assim o permitam. Os equipamentos deverão ser estanques e colocados no subsolo, cujo resíduo será depositado pelos usuários. Já no caso dos contêineres soterrados, a finalidade é atender áreas centrais de grande fluxo de pedestres e/ou de locais de grande concentração de geração de resíduos, eliminando amontoados de lixo, evitando assim a proliferação de vetores nocivos à saúde da população, odores desagradáveis e melhorando o efeito visual das áreas atendidas. Outra vantagem do sistema é possibilidade de segregação dos resíduos em sua disposição, com sua utilização também para resíduos recicláveis. Os contêineres a serem instalados, durante a vigência do contrato, inicialmente em total estimado de 120 soterrados de três metros cúbicos. No caso da coleta fluvial, a empresa deve fazer o recolhimento de resíduos dispostos nas margens do rio Cuiabá, tais como: latas de bebidas, garrafas pets, sacos plásticos, sapatos, roupas, restos de móveis e etc, gerados indiscriminadamente pela população, através do emprego de embarcação devidamente adequada e dimensionada para o transporte de tais resíduos. Este serviço será executado por ordem específica da prefeitura obedecendo à programação pré-estabelecida, com frequência mínima de duas vezes por semana. A concessão deve variar entre 15 a 25 anos. Atualmente, o serviço é feito pela Locar, que assumiu a coleta após a prefeitura rescindir de forma amigável o contrato com a Ecovap. A Locar foi a segunda colocada no edital de escolha da antiga empresa. Com isso, o contrato foi prorrogado para a realização do novo processo licitatório. Hoje, são gastos R$ 2,2 milhões com a coleta.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL