NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 23 de Março de 2019

CIDADES
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019, 10h:32

EM CUIABÁ

Mais de 86 mil refeições são servidas na rede pública

Parte dos recursos utilizados para a compra da alimentação escolar é enviada pelo PNAE,

DA REDAÇÃO
Sicom

A Rede de Alimentação Escolar da Prefeitura de Cuiabá, com base no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), oferece alimentação saudável para mais de 50 mil alunos matriculados nas unidades de ensino, entre elas, 475 crianças, de 0 a 14 anos, que possuem algum tipo de restrição alimentar.

A alimentação é feita de acordo com a faixa etária, somando a alimentação padrão e especial são servidas em média 86.755 refeições por dia, 18.652 Kg, totalizando na semana 93.261 Kg.

Segundo a coordenadora de Nutrição Escolar, Ana Domingas da Conceição Silva, Cuiabá têm uma das melhores alimentações do país dentro do PNAE.

“Por orientação do prefeito Emanuel Pinheiro, a secretaria vem nos últimos anos, redobrado os esforços para atender com responsabilidade e seriedade todas as crianças”, explicou a coordenadora lembrando que esse direito está garantido pela Lei 12.892 e os diretores escolares são orientados a informar os pais ou responsáveis.

Procedimento

No ato da matrícula, é solicitado aos pais ou responsáveis os dados pessoais e o laudo médico da criança que é encaminhado à coordenadoria para avaliação das Nutricionistas e elaboração de um cardápio específico, de acordo com a necessidade da criança.

Segundo a Responsável Técnica pelo PNAE Cuiabá, Daniela Nunes dos Santos Rodrigues, o cardápio é enviado para a unidade escolar com orientações para as Técnicas de Nutrição Escolar (TNEs) em relação aos preparo dos alimentos.

O cardápio especial é preparado o mais próximo possível do cardápio padrão. Dependendo da patologia, é feita a substituição por um produto mais adequado. Só há alteração no cardápio com autorização da Nutricionista. Além disso, os pais recebem orientação nos casos em que a criança precise ter um cuidado especial complementar em casa.

“Todos os produtos utilizados estão disponíveis no mercado e são recomendados por especialistas. Além disso, é feita uma pesquisa para aquisição de novos produtos para serem inseridos no cardápio.

Em relação ao cardápio padrão, estamos inserindo alimentos menos alergênicos a fim de prevenir o desenvolvimento de alguma patologia. Assim, estamos utilizando produtos sem glúten e mais saudáveis”, explica Daniela lembrando que as equipes de Nutrição acompanham a rotina das unidades educacionais, realizando palestras para os profissionais e orientações para os pais.

Parte dos recursos utilizados para a compra da alimentação escolar é enviada pelo PNAE, mas, para garantir 100% da alimentação restrita, são necessários recursos municipais.

 "A Prefeitura de Cuiabá arca com aproximadamente 60% do valor dos produtos que são de primeira linha, bem aceitos pelos alunos e pelos pais ou responsáveis, o que mostra o cuidado da gestão em oferecer produtos de qualidade, que assegurem a saúde nutricional da criança”, salientou o secretário de Educação, Alex Vieira Passos.

“É uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, fazer com que a Educação em Cuiabá avance em qualidade, inclusão e humanização. Temos trabalhado muito na reforma e revitalização das unidades educacionais, na atenção à parte pedagógica, com programas que promovam uma educação integral, a distribuição de forma gratuita de uniformes para todos os alunos matriculados na rede e também com a alimentação escolar”, ressaltou Alex Vieira Passos.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL