NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
CIDADES
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012, 21h:52

Mulher toma quatro medicamentos controlados

A médica psiquiatra Renee Elizabeth de Figueiredo Freire diz que os remédios são importantes para o bom funcionamento de um tratamento e que não existem remédios tão fortes que façam mal. O imprescindível, segundo ela, é se conhecer o paciente e entender todo o seu histórico de saúde, para, em seguida, receitar medicamentos que contribuam para a melhoria de seu estado. Uma mulher de 32 anos que preferiu não se identificar contou à reportagem que há um ano procurou um psiquiatra, já que passou a apresentar muita dificuldade para dormir e, durante o dia, no trabalho, começou a se sentir muito estressada e cansada. Hoje ela toma quatro tipos de remédios para controlar a depressão e o stress: Fluoxetina, Lexotan, Rivotril e Frontal. Segundo ela, a mudança foi imediata e ela conta que hoje consegue dormir bem, se alimentar tranquilamente e consegue controlar a ansiedade e o estresse diário. Para a médica Renée, a dose ministrada na paciente é muito alta e deve ser repensada pelo especialista que a acompanha. “A depressão é uma doença, que pode matar se não for tratada. Tem gente que começa a tomar essas medicações e se tornam dependentes psicológicos”, explica. Entre os motivos citados pela paciente que levaram a buscar ajuda profissional estão a correria do trabalho, as pendências financeiras, compromissos profissionais e relações amorosas frustradas. (AAJ)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL