NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 19 de Outubro de 2019
CIDADES
Quinta-feira, 23 de Maio de 2019, 08h:41

MORADORES DE RUA

Prefeitura irá implantar projeto “Roma do Vaticano para Cuiabá”

Projeto piloto “Roma do Vaticano para Cuiabá” que consiste na implantação de um espaço transitório e adequado para higiene de pessoas em situação de rua deverá ser implantado em Cuiabá. A iniciativa deverá funcionar em uma casa de aproximadamente 180 metros quadrados localizada na Rua São Benedito, bairro Baú, região central da capital. A ideia segue a iniciativa do Papa Francisco em abrir dormitório e lavandarias para pobres e moradores de rua em Roma. O imóvel, pertence à prefeitura, foi apresentado pelo secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, à Procuradoria-Geral de Justiça. A discussão foi conduzida pela subprocuradora-geral de Justiça Administrativa, Eunice Helena Rodrigues de Barros, pelo subprocurador-geral de Justiça Jurídico e Institucional, Deosdete Cruz Júnior, e pelo promotor de Justiça Gerson Natalício Barbosa. De acordo com o MP-MT, os participantes aprovaram a proposta de um projeto experimental no imóvel do município, caminhando em paralelo ao que foi inicialmente idealizado pelo professor Juliano Batista dos Santos, do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), e apresentado pela procuradora de Justiça. Julieta do Nascimento Souza. Eles reforçam que o projeto visa oferecer um local com estrutura física adequada de banheiro, lavanderia e cozinha. “Sonho com isso. Acho que o lugar é bom, conheço, já morei lá. Será fácil de organizar para tomar banho e lavar roupa porque está próximo de nós”, avaliou o representante estadual da população de rua, Itamar Corrêa de Lima, que participou do encontro. Segundo o morador de rua, atualmente eles tomam banho em uma torneira a céu aberto no Beco do Candeeiro. Na reunião, ficou acertado que representantes da Secretaria de Cultura farão gestão junto ao Executivo municipal para levantar a pasta responsável pelo prédio, descobrir a real situação do imóvel, e informar à Procuradoria-Geral do município a necessidade de medidas administrativas ou judiciais para retirada de possíveis invasores. Além disso, uma comissão técnica formada pelo Ministério Público de Mato Grosso, idealizadores do projeto “Roma do Vaticano para Cuiabá”, Fórum População em Situação de Rua e do município de Cuiabá farão uma vistoria no imóvel no dia 31 de maio, às 14h30. Após a regularização da casa, serão elaborados os projetos arquitetônico e estrutural da casa transitória. Recursos financeiros para reforma e adequação serão destinados via medida compensatória de um termo de ajustamento de conduta (TAC) firmado entre a 17ª Promotoria de Justiça de Defesa Ambiental, da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá, o município e uma empresa privada. “Concomitante, será levantado junto ao Governo do Estado um imóvel para instalação definitiva do projeto inspirado na iniciativa do Papa Francisco de abrir uma lavanderia para pessoas sem teto em Roma, e depois incluir os serviços de chuveiros, cabeleireiro, vestuário, centro médico e um ponto de distribuição de artigos de primeira necessidade”, informou por meio da assessoria de imprensa o MP-MT.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL