NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Cuiabá Urgente
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018, 18h:09

Cuiabá Urgente 27-02-2018

Jantar Ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes abriu sua mansão, no Alphaville, para um jantar, na segunda-feira (26). Os convidados eram a cúpula do DEM e os parlamentares que deixaram o PSB com a intervenção de Valtenir. Espera Mendes deixou claro que vai assinar a ficha de filiação ao DEM, nos próximos dias. Mais uma vez, não definiu se será candidato ou não na próxima eleição. Continua em modo “espera”. Senado Na reunião, o deputado federal Adilton Sachetti anunciou que pretende disputar uma vaga no Senado, após a saída de Blairo Maggi. Ele avisou que não deve se filiar ao DEM e, provavelmente, vai para o PP. Frio Um dos presentes na reunião saiu com a impressão de que os Democratas estarão fortes para o pleito de outubro. A única reclamação foi do “peixe frio” servido por Mauro Mendes. Tornozeleira 1 A juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital, manteve a obrigação do uso de tornozeleira imposta ao ex-secretário de Indústria, Comércio, Minas, Energia e Casa Civil, Pedro Nadaf. Tornozeleira 2 Nadaf usa o equipamento desde setembro de 2016, quando foi solto, após quase um ano detido no Centro de Custódia da Capital (CCC), por conta da Operação Sodoma, da qual é réu confesso. Tornozeleira 3 O ex-secretário pediu à juíza para retirar a tornozeleira alegando que está,há um ano e dois meses, cumprindo todas as determinações da Justiça. Só que, usando o equipamento, tá difícil arrumar emprego... Enxurrada Só foi o ministro Blairo Maggi (PP) anunciar que não vai disputar a reeleição ao Senado, e começou uma “enxurrada” de pré-candidatos para a vaga. Mato Grosso terá duas vagas em disputa. Candidatos Além dos já conhecidos pretensos candidatos - Jayme Campos (DEM), Nilson Leitão (PSDB) e Mauro Mendes (sem partido) -, surgem o vice-governador Carlos Fávaro (PSD), Neri Geller (PP) e Adilton Sachetti (sem partido). Por fora Outros nomes colocados na disputa são: a ex-reitora da UFMT, Maria Lúcia Cavali(PCdoB), o prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), o interminável deputado Carlos Bezerra (PMDB) e o médico Lúdio Cabral (PT). ........... Concessão Acontece na manhã de hoje, na Bolsa de Valores B3, em São Paulo, o leilão de concessão de 111,9 quilômetros rodovia MT-100, em Alta Araguaia (Lote 1), e de 188,2 Km da rodovia MT-320/MT-208, em Alta Floresta (Lote 2). A expectativa do Governo é que os licitantes paguem mais de R$ 40 milhões em outorgas ao caixa estadual, durante a execução do contrato. ............ Efeito Arcanjo O promotor Célio Wilson discorda da soltura de João Arcanjo. Para ele, a medida deixa “tenso” o ambiente entre os que se envolveram na prisão do bicheiro, em 2002, e os que devem o “Comendador”. Prevenção Na época, o promotor estava envolvido com a Operação Arca de Noé, que pôs abaixo o império de Arcanjo. Um mês depois, ele assumiu a Segurança Pública. Consta que teve escolta armada durante quatro anos. Propina em campo Reportagem da GloboNews revela que, dos 12 estádios da Copa do Mundo de 2014, 10 são alvos de investigação da PF, por suspeitas de superfaturamento ou propina. Um deles é a Arena Pantanal, em Cuiabá. Réu confesso Na delação premiada homologada pelo STF, em 2017, Silval Barbosa confessou que negociou, com a empreiteira Mendes Júnior, propina na execução da obra do estádio, em 2013: R$ 18 milhões. Vácuo Para observadores políticos, se Adilton Sachetti sair ao Senado, abre-se um “vácuo” enorme, em Rondonópolis e na Região Sul, no que se refere à disputa por uma vaga na Câmara Federal. Influência Esse “fenômeno”, na verdade, deverá ser observado em outras regiões de Mato Grosso onde agronegócio desponta, sobretudo, nos segmentos que seguem a liderança do ministro Blairo Maggi. Casa dos Horrores O Diário de Contas de segunda-feira publicou ato do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionando a lei que garante verba indenizatória (R$ 7 mil) aos chefes de gabinete dos vereadores. O contribuinte vai bancar R$ 2,1 milhões/ano com o benefício.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL