NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019
ILUSTRADO
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019, 17h:16

TELEVISÃO

Após deixar BBB, Vanderson agradece apoio e diz que vai 'mostrar verdades'

O ex-BBB Vanderson Brito, 35, usou suas redes sociais, nesta quinta-feira (24), para agradecer o apoio que recebeu durante sua participação no Big Brother Brasil 19 e afirmou que esse "é o momento de mostrar verdades", sem mencionar as queixas de agressão e estupro que motivaram sua desclassificação do reality. Essa é a primeira vez que o biólogo se manifesta desde que deixou o programa, na quarta-feira (23), após ser chamado para depor pela Polícia Civil do Rio. A Globo afirmou, na ocasião, que a saída do competidor para prestar depoimento resulta em sua desclassificação imediata. "Queria agradecer todo mundo que estava comigo, que tentou me ouvir. Sei que rolaram algumas histórias estranhas, mas isso é bobagem. Cada um fala o que quer, mas só existe uma verdade", afirmou o acriano em seu Insta Stories (ferramenta em que as publicações desaparecem após 24 horas). "Sou muito grato pelo que fizeram, por estarem comigo nesse tempo todo, pelos votos que me deram, pelo carinho que recebo. Não tem nada melhor do que a gente sair de um lugar e receber carinho no aeroporto, na rua, em casa. Nossa casa é nosso refugio mesmo", afirmou ele ao lado de um grupo de amigos e familiares. Segundo a polícia, foram registrados três boletins de ocorrência contra o biólogo por lesão corporal no âmbito da violência doméstica, estupro e importunação ofensiva ao pudor. Antes da estreia do BBB 19, Maíra Menezes, ex-namorada de Vanderson, o acusou de agressão física e psicológica. O fato teria ocorrido dez anos atrás. "São acusações infundadas", disse o advogado de Vanderson, Roberto Almeida, ao UOL, na ocasião. "O que nos parece é que estão querendo aparecer", completou. A irmã de Vanderson, Vanda Brito, negou as acusações e disse, também ao UOL, que a família entraria com um processo de calúnia e difamação. "Pela idoneidade dele e criação que tivemos da nossa mãe tenho certeza que ele não fez isso. Essas acusações são falsas. Essa moça [Maíra Menezes] tinha muitos problemas psicológicos".

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL