NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019

ECONOMIA
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2019, 17h:05

COMÉRCIO/CONFIANÇA

Empresários têm o melhor janeiro em cinco anos

O primeiro mês de 2019 apresentou a quarta melhora consecutiva do índice que mede a Confiança do Empresário do Comércio (Icec) em Cuiabá e chegou a 131,7 pontos. Além disso, a pesquisa apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Fecomércio/MT, teve o melhor início de ano desde 2014, quando registrou 132,6 pontos. A variação mensal do índice foi positiva em 1,9% sobre dezembro, que somava 129,2 pontos, e de 7,2% na comparação com janeiro de 2018, com 122,8 pontos. O aumento gradual na pesquisa demonstra certo otimismo por parte do empresário do comércio na capital, que registra números satisfatórios, acima dos 100 pontos, há 29 meses. O componente da pesquisa que monitora as Condições Atuais do Empresário do Comércio (ICAEC), mostrou alta de 4,4% na variação mensal e de 15% na comparação com janeiro do ano passado, saindo de 96,2 pontos para os atuais 110,7. Sobre o componente que mede a Expectativa do Empresário do Comércio (IEEC), houve crescimento de 1,4% sobre o mês anterior e de 4,9% no comparativo anual. A pesquisa revelou ainda que 95,7% dos empresários entrevistados acreditam na melhora da economia brasileira para os próximos meses. Sobre o nível de Investimento do Empresário do Comércio (IIEC), o componente apresentou elevação de 0,3% em janeiro e de 3,9% nos últimos 13 meses. Entretanto, o indicador de contratação de funcionários melhorou 4,7% de janeiro de 2018 para o mês atual. Na análise feita pela Fecomércio/MT, os indicadores apresentados refletem na melhoria das atividades econômicas, o principal deles com a geração de emprego, favorecendo o consumo e o aumento nas vendas por parte dos empresários. Segundo dados do Caged/MTE, Mato Grosso ocupou a sexta posição no ranking nacional do saldo de empregos em 2018, com a geração de 26.736 novos vínculos empregatícios. Os setores do comércio e de serviços representam 59,3% (15.870) do total de empregos gerados no estado.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL