NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
ECONOMIA
Quinta-feira, 01 de Fevereiro de 2018, 18h:05

FUNDAÇÃO MT EM CAMPO 2018

Fundação apresenta resultados de dez anos de pesquisas

A Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, realiza nos dias 1º e 2 de fevereiro, em Nova Mutum (269 quilômetros ao norte de Cuiabá)MT), e nos dias 8 e 9 de fevereiro, em Rondonópolis (210 quilômetros ao sul de Cuiabá), o Fundação MT em Campo 2018. ‘O tempo em movimento’, tema da edição, retrata a transformação da lavoura ao longo do tempo mostrando os resultados no campo dos dez anos de pesquisas em sistema de produção de grãos com rotação de culturas. Os eventos são gratuitos e as inscrições feitas na hora. Em Nova Mutum, o evento será realizado a partir de 7h, no Centro de Aprendizagem e Difusão da Fundação MT (CAD-Médio Norte), localizado na BR 163, no km 619, Fazenda Três Irmãos. Neste evento, o público poderá conferir nove estações de pesquisa com os seguintes experimentos: Níveis de correção e seus efeitos para o sistema soja/milho safrinha - 5º ano, Readequações no arranjo espacial de plantas e adubação visando altas produtividades - 4º ano, Níveis de adubação no sistema soja/milho safrinha - 5º ano, Influência das culturas de cobertura, velocidade de plantio e mecanismos sulcadores sobre o estabelecimento da soja; Desenvolvimento da soja e do milho em solos compactados com diferentes mecanismos sulcadores, Avaliação de diferentes manejos para controle de mosca branca e lagartas, Manejo de doenças, Nematoides x culturas de cobertura x produtos químicos x biológicos e a cultura da soja e Influência do manejo na incidência de mancha alvo. Em Rondonópolis, o evento também inicia às 7h e acontece no CAD-Sul, Fazenda Cachoeira, BR 163, km 40. Neste CAD, o evento contará com os experimentos: Sistemas de rotação de culturas no desenvolvimento e produtividade da soja e do milho - 10º ano, Acidez do solo em áreas com a fertilidade química construída. Após seis anos: Fazer calagem? Calagem superficial? Calagem incorporada? Gessagem? O que considerar nas interpretações e recomendações?, Fatores envolvidos na alta produtividade de grãos de soja e milho - 3º ano, Correção prévia do solo em diferentes profundidades e modos de aplicação de fósforo na cultura da soja e do milho - 8º ano, Dinâmica de nematoides nos sistemas de produção após 10 anos, Condições físicas do solo em diferentes sistemas de produção, Interação de herbicidas, qualidade de gotas e volume de calda em diferentes condições de campo, Controle de danos de percevejos e manejo para o complexo de lagartas na cultura da soja, Regulagem de máquinas para aplicação de fertilizantes a lanço e Discussão técnica: Panorama das doenças na cultura da soja - safra 2017/18. A DÉCADA - A Fundação MT comemora este ano um importante marco, os dez anos de resultados de trabalhos com sistemas de produção de grãos com rotação de culturas no CAD-Sul. Ao longo do tempo, estes experimentos mostraram dados sobre o desenvolvimento e produtividade da soja e do milho em Mato Grosso, os quais foram todos compartilhados com a classe agrícola, assim como será nesta edição do Fundação MT em Campo, no evento de Rondonópolis. “Os anos de pesquisas nos ensinaram a ter persistência e paciência para colher e informar resultados mais consistentes para a classe produtora. Além disso, buscamos no dia a dia da pesquisa agronômica encontrar soluções para o melhor desenvolvimento do campo. É neste contexto que estamos mais uma vez preparando dois grandes eventos para pensarmos juntos com os agentes da agricultura o que podemos fazer para melhorar, pois o futuro está em função do que se faz hoje, o tempo está em constante movimento”, exemplifica Leandro Zancanaro, gestor de Pesquisa da Fundação MT. (MP)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL