NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
ECONOMIA
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2019, 16h:59

OESTE RURAL SHOW

Inovações agrícolas serão apresentadas em Pontes e Lacerda

Colecionando importantes avanços na agricultura, o município de Pontes e Lacerda (448 km a oeste da Capital) se tornou a nova fronteira agrícola de Mato Grosso. Entre as líderes na produção agropecuária, a cidade viu se multiplicar o número de hectares que receberam, ao longo dos últimos anos, o plantio da soja. Para difundir o conhecimento, melhorar a qualificação de produtores e realizar negócios, o Sindicato Rural de Pontes e Lacerda lança nesta quarta-feira (30) a primeira edição da Oeste Rural Show, que será realizada nos dias 16, 17 e 18 de maio deste ano. O evento, destaca o presidente do Sindicato Rural da cidade, Nilmar Miotto, irá reunir produtores rurais, profissionais e acadêmicos do segmento para proporcionar um espaço para intercâmbio de ideias e experiências sobre os assuntos que afetam o mercado agrícola e pecuário. "Vínhamos discutindo a necessidade de oferecer ao produtor um serviço diferenciado e, após dois anos amadurecendo esta ideia, decidimos pela realização do evento em nossa cidade", pontua. Atualmente, Pontes e Lacerda ocupa a sexta posição no ranking de municípios de Mato Grosso com atividade pecuária. Tradicional neste segmento, o município viu crescer, nos últimos anos, a produção de grãos – especialmente a soja – em suas propriedades. "Este foi, sem dúvida, um dos fatores que aceleraram a necessidade de apresentarmos inovações, que teremos não apenas na questão dos rebanhos e pastos, mas na cultura de grãos, intensificada com a chegada de muitas empresas", pontua Miotto. Estimativas apontam que a produção de soja já atingiu 100 mil hectares no Vale do Guaporé. O crescimento da cultura de soja no município ocorreu, segundo Miotto, de forma natural, com o uso das técnicas de correção do solo para melhorar a produção pecuária, fortalecida e consolidada. "Outro diferencial existente é o preço do hectare, mais baixo em relação a outras regiões, o que tem encorajado muitos produtores a virem para Pontes e Lacerda, ajudando a desenvolver a atividade agrícola". Para assegurar aos produtores o acesso a inovações, conhecimento e qualificação, o Sindicato Rural de Pontes e Lacerda já assegurou a participação de grandes expositores e a parceria com diversas entidades do agronegócio, ressalta Miotto. "Há um grande interesse em nossa região, que vive um momento extremamente favorável. Em cinco anos, com toda certeza, teremos uma realidade bem diferente, com o avanço da agricultura". A Oeste Rural Show será lançada na próxima quarta, a partir das 20 horas, no Parque de Exposições de Pontes e Lacerda. SAFRINHA - O plantio da segunda safra de milho chegou na quinta-feira (17) a 5,6% da área total estimada para o Centro-Sul do Brasil, contra 1,5% uma semana antes, 0,8% há um ano e 0,9% na média de cinco anos. Mato Grosso lidera, com 8,3% de sua área já semeada, seguido por Paraná (7,4%), Goiás (2,7%), Mato Grosso do Sul (1,6%) e Minas Gerais (0,7%). Apesar da antecipação do plantio, em Goiás e Mato Grosso do Sul os produtores têm preferido ir com calma e esperar chuvas mais consistentes para dar impulso aos trabalhos.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL