NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
ECONOMIA
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2018, 19h:16

DEFESA AGROPECUÁRIA

Prazo para renegociar débitos junto ao Indea é estendido

O prazo para adesão ao Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso – Regularize, foi prorrogado para até 10 de abril de 2018. Dessa forma, o produtor que tiver débitos referente a autos de infração aplicadas até o dia 31 de dezembro de 2015, junto ao Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), terá a oportunidade de renegociar a dívida com descontos que vão de 15% a 75%. O presidente do Indea, Guilherme Nolasco, afirma que a prorrogação do programa beneficia diretamente ao contribuinte. “O produtor tem a oportunidade de quitar seus débitos, com parcelamento e descontos”. Nolasco cita que em um momento em que se fala tanto em crise, a atual gestão vem trazendo medidas que beneficiam o produtor como a Lei 10.486 que corrige distorções e cobranças consideradas abusivas, e a moratória para ajuste de estoque realizado em maio de 2017. Para débitos não inscritos na dívida ativa, a renegociação será feita somente na central do Indea. O produtor ou seu procurador devidamente constituído deverá apresentar cópia do RG e CPF no caso de pessoa física, e o contrato social e seus documentos para pessoa jurídica. O atendimento será feito das 13h às 18h, de segunda a sexta-feira, na Coordenadoria de Fiscalização e Julgamento de Processos, na Avenida Arquimedes Pereira Lima, nº 1000, Bairro Jardim Itália, em Cuiabá. Para autos de infração inscritos na dívida ativa, a regularização só poderá ser feita na Procuradoria Geral do Estado, na Avenida República do Líbano, das 12h às 18h.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL