NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
Eleições 2002
Sexta-feira, 02 de Agosto de 2002, 14h:19

PRESIDENCIÁVEIS

ACM Ciro Gomes na Bahia

O candidato à Presidência da República da Frente Trabalhista (PTB-PPS-PDT) foi recebido em Salvador pelo ex-senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA). As informações são da rádio CBN. Segundo reportagem da emissora, nenhum representante do PPS compareceu ao aeroporto. Em entrevista coletiva, Ciro classificou de ´fascistas" as acusações de representantes do governo que associam a alta do dólar às declarações de candidatos de oposição. Um ataque indireto aos aliados tucanos e ao próprio José Serra. O presidenciável do PPS disse que a crise econômica não é decorrente de fatores políticos mas da má administração da equipe econômica do governo. Ciro preferiu não comentar a saída de José Carlos Martinez da coordenação política de sua campanha e negou que seu irmão, Lúcio Gomes, passaria a exercer essa função. O candidato afirmou que as acusações de desvio de verbas sobre o candidato a vice de sua chapa, Paulo Pereira da Silva, não passam de calúnias. Indagado por jornalistas sobre as divergências entre ACM e Leonel Brizola (PDT), Ciro disse que a situação se resolve sabendo administrar conflitos.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL