NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
ESPORTES
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018, 18h:02

SELEÇÃO

Com Neymar lesionado, Tite adia convocação

O tempo de recuperação estimado é de pelo menos dois meses e a volta deve ocorrer em maio e ainda participar das rodadas finais do Campeonato Francês

O atacante Neymar passará por uma cirurgia nos próximos dias para a colocação de um pino na fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito durante o jogo do PSG contra o Olympique de Marselha, no último domingo. O tempo de recuperação estimado é de pelo menos dois meses e a volta do atacante brasileiro deve ocorrer em maio. A informação foi publicada pelo site Globoesporte e posteriormente confirmada pela reportagem. O técnico Tite adiou para o dia 12 de março a convocação dos jogadores que defenderão a seleção brasileira nos amistosos contra Rússia e Alemanha, marcados para os dias 23 e 27 de março. Ele faria o anúncio nesta sexta-feira. A decisão foi tomada após a divulgação de que Neymar terá de passar por uma cirurgia para colocar um pino no quinto metatarso do pé direito. O atacante teria tomado a decisão por contra própria na noite de segunda-feira. Em entrevista coletiva concedida ontem, o técnico do PSG, Unai Emery, declarou que a informação de que o jogador será operado é falsa. "Falei com o médico nesta manhã, e ele me explicou o que os exames revelaram. Também falei sobre o assunto com o Antero [Henrique, diretor esportivo], com o presidente e com o próprio jogador", afirmou. A decisão de operar foi tomada pelo próprio jogador na noite de segunda-feira e teve como principal motivo a total recuperação antes da Copa do Mundo. Segundo especialistas consultados, a lesão poderia não cicatrizar por completo sem cirurgia. Desta forma, Neymar voltará a jogar às vésperas da Copa, que terá início em junho na Rússia. O brasileiro deve participar de partidas das rodadas finais do Campeonato Francês e, se o PSG avançar, da reta final da Liga dos Campeões. Inicialmente, Neymar foi avisado de que o entorse no tornozelo direito era leve. O problema foi a existência de uma fissura sofrida no quinto metatarso do pé direito também no duelo contra o Olympique de Marselha. Neymar teve uma segunda-feira agitada. Foi ao PSG pela manhã e teve diagnóstico positivo quanto ao problema no tornozelo. O estafe do jogador chegou a trabalhar com a possibilidade de presença contra o Real Madrid, na próxima semana. De noite, ao realizar novos exames no hospital, o camisa 10 foi informado sobre a fissura no pé e, pouco depois, escolheu realizar a cirurgia. A decisão foi tomada em conjunto com o pai, Neymar da Silva Santos, o preparador físico, Ricardo Rosa, e o fisioterapeuta, Rafael Martini. A expectativa é de que o retorno aos treinamentos aconteça no fim de abril. ADIAMENTO A CBF confirmou o adiamento da convocação em nota publicada em seu site, mas não citou Neymar nominalmente. A entidade diz que Tite resolveu observar a situação clínica de ao menos cinco atletas antes de fazer a convocação. Os amistosos serão as últimas partidas antes da convocação final para o Mundial da Rússia, que será apresentada em maio. "Temos uma situação diferente de outras convocações. São pelo menos cinco jogadores que necessitam de uma observação médica e física mais elaborada para que possamos convocar embasados e com as informações necessárias", disse o coordenador de seleções, Edu Gaspar. "Transferindo a data iremos ganhar de dois a três jogos de cada atleta observado para nossa avaliação. Como sempre, buscaremos o máximo de informações possíveis para uma convocação sem grandes problemas", acrescentou Gaspar. Neymar não é a única preocupação de Tite para os amistosos. O lateral Marcelo sofreu na última semana uma lesão muscular na coxa e está sob observação. No final de semana, o volante Fernandinho deixou um jogo do Manchester City com dores na coxa. A partida entre City e Arsenal, no domingo passado, também marcou o retorno do atacante Gabriel Jesus aos gramados depois de ficar quase dois meses lesionado. Ele atuou por cerca de 15 minutos no duelo.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL