NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
ESPORTES
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018, 19h:01

LIBERTADORES

Flamengo apela contra perda de mando

O recurso do Flamengo contra a perda de mando de campo na Taça Libertadores foi julgado ontem, na sede da Conmebol, no Paraguai. O clube recorreu da punição por dois jogos sem torcida em casa e da multa de US$ 300 mil por conta da barbárie ocorrida na decisão da Copa Sul-Americana de 2017. O resultado sai em até sete dias. O Flamengo solicitou a anulação da punição e substituição por pena alternativa. A expectativa é a de que ao menos o segundo jogo em casa pela Libertadores seja realizado com a presença dos torcedores. A princípio, a estreia contra o River Plate, na próxima quarta-feira, no Nilton Santos, será com portões fechados. Os envolvidos não acreditam em mudança de panorama para a estreia. Depois da eliminação na primeira fase no ano passado, o Flamengo trata com absoluta prioridade para a temporada a disputa da competição continental. VASCO Apesar de todo o sofrimento, a clima ontem em São Januário era de alegria. Demonstrando muita dificuldade para jogar na altitude de 2.810 metros de Sucre (BOL), o Vasco foi completamente envolvido pelo Jorge Wilstermann (BOL), na quarta-feira, perdeu por 4 a 0 no tempo normal, e só obteve a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores após vencer a disputa de pênaltis por 3 a 2, com grande atuação do goleiro Martín Silva, que pegou três cobranças. O Vasco tinha viajado para a Bolívia com uma larga vantagem no confronto. Na partida de ida, em São Januário, há uma semana, a equipe dirigida por Zé Ricardo havia vencido por 4 a 0. Por isso, conseguiria a classificação até com uma derrota por três gols de diferença. Com a vaga na fase de grupos assegurada, o Vasco entrará na "chave da morte", que também tem Cruzeiro, Racing (ARG) e Universidad de Chile (CHI). O time cruzmaltino inicia sua caminhada na próxima etapa da competição no dia 13 de março, em São Januário, contra a Universidad de Chile. Em seguida, enfrenta Cruzeiro (fora), dia 4 de abril, e o Racing, na Argentina, dia 19 de abril.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL