NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
ILUSTRADO
Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2018, 17h:57

PRIMAFOLIA 2018

Léo Bortolin garante carnaval de Primavera do Leste

Primafolia, com cinco noites e duas matinês. Com essa agenda de alegria, animação, blocos e muita folia, o prefeito Léo Bortolin lançou oficialmente na tarde de segunda-feira, 29, em seu gabinete, o carnaval de Primavera do Leste, que será realizado em parceria com a iniciativa privada. Ele anunciou o grito de carnaval para o próximo sábado, dia 3, na Praça de Eventos e a animação da banda Apollo’s e o DJ Pipo Som. Até o momento estão inscritos 11 blocos e o número de componentes varia entre 50 e 120 pessoas. O prefeito entende que mesmo com as dificuldades pontuais que todo município enfrenta, com disposição e credibilidade para buscar parcerias é possível trazer a iniciativa privada para esse projeto, porque todos ganham com as festividades – hotéis, restaurantes, lanchonetes, bares, postos de gasolina, enfim todo o comércio aumenta suas vendas e, a população se diverte – “carnaval é uma tradição no país inteiro, período que antecede um ano de trabalho e as pessoas precisam de lazer, desse espaço para brincar, relaxar, reunir familiares, amigos e, com ânimo renovado iniciar, de fato, um novo ano”. Já estão confirmadas três bandas – Savana, de Toledo-PR, ComunicaSom, de Primavera e Temperos do Samba, de Rondonópolis, que vão animar o carnaval e, a expectativa é de que um grande número de foliões venha passar esses dias em Primavera do Leste. O acesso é fácil tanto para quem vem da capital como para quem mora no interior do Estado, nos municípios circunvizinhos - é possível chegar a Primavera pelas rodovias MT-130 e BR – 070 e a cidade está a 100 km de Campo Verde, 40 km de Poxoréu, 148 km de Paranatinga, 142 km de Santo Antonio do Leste e 130 km de Rondonópolis. Os organizadores esperam fazer o melhor carnaval de Mato Grosso e atrair foliões de toda a região para se divertir na cidade. Inicialmente a receita do evento seria os recursos de emendas parlamentares que são destinadas especificamente para a Cultura, entretanto com a decisão do governador Pedro Taques em cortá-las, o prefeito buscou outras alternativas. Leo Bortolin procurou os empresários e o apoio superou a expectativa, “faremos um carnaval com recurso da iniciativa privada e a comercialização da praça de alimentação e, essa parceria nos deixa com a certeza de que estamos no caminho certo, porque só há participação empresarial quando há credibilidade para buscar”. O secretário municipal de Cultura Wanderson Lana foi claro ao afirmar que “haverá uma tabela dos preços das bebidas que serão comercializadas no evento, evitando exageros, para que a festa seja, de fato, popular, inclusive nos preços”. Outra preocupação do prefeito é quanto a segurança do evento – será fechado, embora gratuita, mas com revista das pessoas para que não haja nenhum incidente que venha tirar o brilho da festa. E para isso a Prefeitura conta com a parceria incondicional da Câmara Municipal e dos órgãos de segurança – Policias Militar e Civil, Bombeiros, Conselho Tutelar, Promotoria, Judiciário – para que as famílias possam participar com tranqüilidade.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL