Imagem

Sexta-Feira, 02 de Janeiro de 2015, 20h:49

Tamanho do texto A - A+

Mais corpos encontrados do voo da AirAsia

O resgate pode demorar até uma semana para recuperar as caixas-pretas do avião da AirAsia por conta das condições meteorológicas naquela região

A Indonésia afirma que 16 corpos já foram recuperados do avião da AirAsia que caiu no mar de Java no domingo, segundo comunicado da agência nacional de busca e regate do país ontem. Oito corpos já foram levados à cidade de Surabaia - de onde saiu o voo -, enquanto dois estão na ilha de Bornéu e outros seis estão em barcos das forças de resgate. Também ontem, a Indonésia passa a contar com a ajuda de franceses especialistas em localização de caixas-pretas para que ajudem nas buscas. A agência francesa de investigação de acidentes (BEA) auxiliará na busca aos dispositivos da aeronave fabricada pela Airbus, empresa que tem sede na França. "Durante a manhã do dia 2 de janeiro, um barco transportará os investigadores à área de buscas, com equipamentos de detecção, incluindo hidrofones, para captar os sinais acústicos emitidos pelos gravadores de voo", disse a agência. As equipes de resgate podem demorar até uma semana para recuperar as caixas-pretas do avião da AirAsia por conta das condições meteorológicas da região. As informações são do investigador do Comitê Nacional para a Segurança do Transporte indonésio, Toos Sanitiyoso, segundo o jornal local Strait Times. "O principal é encontrar a principal área do acidente - onde se encontra o corpo do avião em si - e depois a caixa-preta", disse na quinta-feira O funcionário acrescentou que ainda não há sinais dos dispositivos, que na verdade são de cor laranja. Também na quinta, houve a primeira identificação de vítima. Se trata da passageira Hayati Lutfiah Hamid, cuja identidade foi confirmada por meio de suas digitais. Seu corpo foi entregue à sua família em Surabaia, onde a mulher foi enterrada rapidamente, seguindo as tradições muçulmanas. Cerca de 150 pessoas compareceram à cerimônia. Até ontem, 146 corpos continuavam desaparecidos. BUSCAS Um total de 29 barcos e 17 aviões de países como Estados Unidos, Austrália, Cingapura, Malásia e Indonésia participam das buscas em condições meteorológicas relativamente boas nesta sexta, segundo o canal de TV Channel News Asia. O chefe da Marinha malasiana, Abdul Aziz Jaafar, disse ontem que as tarefas de busca se expandiram até um raio de 13.500 milhas náuticas quadradas (cerca de 25 mil km) no mar de Java. Os corpos já encontrados até agora estavam no estreito de Karimata, que separa as ilhas de Bornéu e Belitung, junto com destroços da aeronave.

Ultimas Notícias

Enquetes

O que você acha sobre os ataques terroristas na França?
Horrível
Assustador
Nada
Legal

Mais Lidas

Mais Comentadas