Imagem

Sexta-Feira, 02 de Janeiro de 2015, 20h:36

Tamanho do texto A - A+

Associação homenageia José Eduardo

ADILSON ROSA E YURI RAMIRES

A MT Bikers fará um passeio ciclístico até o local do acidente, onde será instalada uma “ghost bike”, que é serve como homenagem e alerta

A Associação MT Bikers (AMTB) vai homenagear neste sábado o advogado e ciclista José Eduardo Carvalho, 59 anos, com a instalação de uma Ghost Bike no local do acidente. Carvalho morreu atropelado na manhã da última quarta-feira (31), no km 13 da Rodovia MT-251, que liga a Capital à Chapada dos Guimarães. Em nota, a AMTB lamentou o falecimento de José, que é ciclista profissional e já participou de diversas competições em todo o país e até no exterior. A associação classificou o advogado como um "um amigo esportista que muito já fez pelo esporte". Para homenagear sua jornada, os ciclistas, amigos e familiares vão se reunir na manhã deste sábado para um passeio ciclístico, assistido por um comboio de carros, até o local do acidente, onde será fixada a Ghost Bike. "A intenção é fazer ali um memorial em homenagem a mais uma vítima", diz trecho da nota. O encontro está marcado para acontecer às 06h da manhã no Posto Bom Clima. Os ciclistas vão pedalar até o km 13, onde ocorreu o acidente. As Ghost Bikes, ou bicicletas fantasmas, são pintadas de branco e instaladas nos locais ciclistas morreram. Além de ser uma forma de homenagear as vítimas, as bicicletas também servem como protesto pela omissão do poder público diante da falta de planejamento viário. Essa será a segunda bicicleta fixada na Baixada Cuiabana. No final de 2013, outra Ghost Bike foi posta na avenida Miguel Sutil, onde o ciclista Enéas Cardoso morreu após ser atropelado por um veículo dirigido por um menor. A morte de Enéas completou um ano no final de novembro. Policiais da Delegacia de Delitos de Trânsito ainda procuram por imagens das câmeras de monitoramento do Ciosp e imagens do circuito de segurança de um posto de combustível para tentar identificar o motorista de uma picape Saveiro preta causador do acidente. A Saveiro, que seguia em direção a Chapada, acabou atropelando outros dois ciclistas que estavam em companhia de José Eduardo. Ficaram feridos Diogo Cesar de Azevedo, de 32 anos, e Valdeci de Jesus Soares, de 50, ambos transferidos do Pronto Socorro de Cuiabá para o Hospital Santa Rosa. Após o atropelamento, o motorista fugiu do local seguindo em direção ao Coxipó do Ouro, uma estrada de chão onde está prevista a construção do Rodoanel de Cuiabá. Conforme os policiais, antes do acidente, a picape passou pelas câmeras do Ciosp, na entrada do Jardim Vitória, e os policiais que monitoram as imagens não forneceram o material pedido. Na mesma rua, os policiais descobriram que o posto de combustível localizado na esquina da rodovia com a entrada do bairro possui circuito interno de segurança. “O posto tem também uma câmera externa. O gerente informou que o proprietário está viajando e assim que retornar vai providenciar as imagens”, informou um policial que atendeu a ocorrência. Os policiais acrescentaram que havia uma dúvida em relação à picape causadora do acidente, mas parte do plástico da carenagem do farol de milha ficou no local em consequência da colisão. “Essa parte do veículo está com a logomarca da Volks, confirmando se tratar de uma Saveiro”, explicou um dos policiais. Após o acidente e a fuga pela estrada de chão, uma Saveira preta foi vista passando próxima da região do Lixão no Barreiro Branco. Os policiais se deslocaram para o local indicado, mas veículo algum foi localizado. Os policiais lembraram que o motorista da Saveiro será autuado por homicídio culposo em trânsito, além de dupla tentativa e com a agravante de omissão de socorro.

Ultimas Notícias

Enquetes

O que você acha sobre os ataques terroristas na França?
Horrível
Assustador
Nada
Legal

Mais Lidas

Mais Comentadas