NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
POLÍCIA
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019, 17h:27

SISTEMA PENITENCIÁRIO

Após assalto, entrada de advogados são impedidas

Os advogados criminalistas teriam sido impedidos de entrar na Penitenciária Central do Estado (PCE), ontem pela manhã. A entrada no presídio foi suspensa após um suposto assalto na casa de um agente penitenciário da PCE, na capital. O governo negou que houve impedimento para a entrada de advogados na unidade prisional. A presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas de Mato Grosso (Abracrim-MT), Michele Marie, informou que foi encaminhada uma comissão penal à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em favor da categoria, uma vez que a medida seria um “abuso de autoridade e violação de prerrogativas”. Apenas a entrada de defensores públicos e oficiais de justiça teriam sido autorizadas. Durante a ação na casa do agente, os criminosos picharam o banco da mesa que fica na edícula do imóvel com as iniciais “CV”, que remetem à facção criminosa Comando Vermelho. Segundo informações da assessoria de imprensa do Sindicato dos Agentes (Sindspen/MT), eles também levaram a farda e a camiseta do servidor que estavam no varal. PRISÃO - Suspeito de integrar uma facção criminosa, Kelvin Jonathan de Souza Nascimento, 22 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo na noite da última quarta-feira (23), no bairro Jardim Eldorado, em Várzea Grande. Conforme boletim de ocorrência, a equipe da Força Tática da cidade recebeu uma denúncia que na Rua Taquimirim teria um homem suspeito de ter participado de um salve de facção criminosa, que culminou com a morte de um cidadão. Diante das informações os policiais foram até o local. Durante abordagem encontraram com o suspeito uma arma de fogo calibre .38 com numeração raspada e três munições intactas. Ainda segundo informações, o suspeito possui duas passagens criminais, receptação e artigo 157. O suspeito foi encaminhado à delegacia para registro de ocorrência e para as providências cabíveis.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL