NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020
POLÍCIA
Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2020, 07h:48

CÁCERES

Filho usuário de drogas mata mãe de 66 anos porque não tinha dinheiro

TÉO GOMES
Da Reportagem

O uso constante da droga levou o homem a sofrer problemas mentais e agora ele também é um assassino. O filho de 28 anos, usuário de drogas matou a própria mãe, Marina Garcia de Oliveira, de 66 anos, "abatida" com ao menos cinco facadas na noite desta segunda-feira, 14. Testemunhas contam à Polícia que o filho queria dinheiro para comprar drogas e como a mãe disse que não tinha, ele a matou.
O crime, segundo a Polícia Militar (PM), aconteceu dentro da humilde casa da família de Marina, no bairro Cidade Alta, na cidade de Cáceres (Oeste, a 220 quilômetros de Cuiabá).
O assassino que não teve seu nome divulgado, ainda chegou a fugir, mas acabou sendo preso pela Polícia Militar ainda na noite desta segunda-feira, quando ele caminhava pela Avenida dos Estados.
O acusado foi levado pela Polícia Militar até o local do crime, onde uma equipe do corpo de Bombeiros constatou que a mulher já estava morta. A Polícia Civil (PC) fez a liberação do cadáver para o Instituto Médico Legal (IML), e segue investigando o caso.
Testemunhas contaram que o filho era muito violento, principalmente quando estava usando drogas, cujo quadro de doença mental dele piorava e ela ficava cada vez mais agressivo.
Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou a morte, causada pelos golpes de faca. A arma usada no crime foi encontrada nos fundos da casa. O acusado foi autuado em flagrante em crime de homicídio qualificado.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL