NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 17 de Novembro de 2019
POLÍCIA
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018, 18h:59

ESTELIONATÁRIOS

Homens se passam por policiais para arrecadar

A Polícia Judiciária Civil prendeu em flagrante dois homens que se passavam por policiais da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) para obter vantagens financeiras em troca de patrocínio para campanha publicitária de cunho educacional/ambiental. As investigações, conduzidas pela Dema, partiram de uma denúncia sobre um grupo de pessoas vinculadas a uma Organização Não-Governamental (ONG) que estariam se passando por policiais da unidade da PJC com o objetivo de levantar valores para a confecção de um suposto "Encarte de Campanha de Combate à Pesca Predatória". Em ação realizada na tarde de quarta-feira (21), os policiais da Dema conseguiram localizar os suspeitos S. R. M., 45 anos, e A. de C., 42 anos, na avenida Beira Rio, na Capital. Os acusados estavam em um veículo Gol/cor prata, onde foi encontrado uma folha de cheque no valor de R$ 300. Investigações demonstram que o cheque teria sido emitido no mesmo dia por uma empresa particular para que constasse seu nome como patrocinadora do suposto encarte. Em busca realizada na mala de roupas de um dos detidos foram encontradas roupas e calçados de cores e estampas análogas a das Instituições Governamentais, bem como bloco de recibo e comprovante de transação bancária nominal à ONG. Após a apreensão dos materiais e condução dos suspeitos à Dema, ambos foram autuados em flagrante por estelionato, pela delegada de polícia Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino. O caso segue em investigação pela Polícia Judiciária Civil com o objetivo de identificar outras vítimas da dupla de estelionatários..

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL