NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020
POLÍCIA
Quinta-feira, 06 de Fevereiro de 2020, 17h:28

ESTUPRO

Jovem acusa estudante de Medicina por estupro e de deixar camisinha e maconha dentro da vagina dela

Uma jovem afirma que foi dopada e estuprada e está acusando um jovem aluno do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Além de estuprar a jovem, o estudante ainda teria deixado a camisinha e pedaços de maconha dentro da vagina da vítima. Ela ficou de registrar o caso na Polícia Civil (PC) na manhã desta quarta-feira, 5. A vítima fez a narrativa dos fatos pelas redes sociais.
A jovem conta que conhecia o acusado e que ele teria se aproveitado da situação de um momento vulnerabilidade dela ao sair de casa após brigar com a família para praticar os crimes ocorridos.
Ela conta: "Eu de casa e parei em um lugar para carregar o celular. Nesse momento, ele (o acusado) mandou mensagem para mim e se mostrou preocupado. Disse que queria me ver e nisso mandei a localização de onde eu estava e ele foi até mim", diz trecho de um relato da vítima.
A jovem conta ainda: Assim que ele chegou, eu estava chorando muito e nervosa, entrei no carro dele. Ele me deu um remédio e disse que era para eu me acalmar. Eu disse que iria tomar quando estivesse na casa da minha amiga e ele insistiu, disse que demorava para fazer efeito e eu tomei, fiquei meio grogue".
E ela prossegue: "Já me senti dopada. Percebi que ele (o agressor) pegou a minha mão e colocou no pênis dele enquanto dirigia. Percebi que ele mudou a rota e no final me levou para um motel. Meu celular já tinha descarregado".
A jovem vítima conta ainda, que no dia seguinte, quando ela acordou na casa de um amigo, foi tomar banho e achou uma camisinha e maconha dentro da vagina. "Tiveram outros detalhes que eu prefiro não falar e resumindo, foi isso. Fui violentada quando estava psicologicamente e fisicamente vulnerável".
A jovem confirmou ainda que estava se dirigindo para a sede da Polícia Civil para oficializar a denúncia. A reportagem do Diário não conseguiu contado com o acusado.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL