NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
POLÍCIA
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018, 18h:59

BR-163

Mulher morre ao bater em carreta

Mais um acidente com vítima fatal foi registrado na BR-163, uma das principais rodovias federais que corta Mato Grosso. O sinistro ocorreu quando a condutora de uma S-10, perdeu o controle do veículo e bateu de frente com uma carreta, próximo de Diamantino (a 208 quilômetros, a médio-norte de Cuiabá). A vítima foi identificada como Flavia Junqueira Simões Fávaro. Ela era esposa do oftalmologista Jander Fávaro, de Lucas do Rio Verde (350 quilômetros, ao norte da capital). A colisão foi violenta e o carro da vítima ficou completamente destruído. De acordo com informações da Concessionária Rota do Oeste, que administra a rodovia, a vítima seguia em uma caminhonete GM-S10, quando colidiu com uma carreta branca. Uma equipe médica da concessionária foi acionada para prestar socorro, mas já encontrou a vítima sem vida. O condutor da carreta saiu ileso. Com a batida a carreta ficou sobre a pista sul e a utilitária na faixa de domínio. O fluxo nos dois sentidos foi interditado. No Facebook, familiares e amigos lamentaram a perda. A própria Prefeitura de Lucas do Rio Verde fez uma nota de pesar com condolências aos familiares e amigos de Flávia Fávaro. “A Prefeitura de Lucas do Rio Verde recebe com grande pesar a notícia do falecimento de Flávia Junqueira Simões Fávaro, irmã da servidora Giseli Junqueira Simões Vieira de Paula e cunhada do servidor Anderson Vieira de Paula, ambos dentistas na Atenção Básica de Saúde do município, e esposa do médico oftalmologista Dr. Jander Guedes Fávaro”, dizia a postagem.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL