NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
POLÍCIA
Quinta-feira, 23 de Maio de 2019, 09h:20

REPRESSÃO

Operação resulta na prisão de 15 pessoas em Cuiabá e VG

Quinze pessoas foram presas durante a operação integrada “Salutem”, deflagrada nas Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) de Cuiabá e Várzea Grande. A ação policial da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) foi realizada em prol da repressão dos crimes de roubos e furtos de veículos e cargas, adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes e transporte irregular de cargas. A operação resultou ainda na abordagem de 1.690 pessoas e 701 veículos vistoriados, 75 carros apreendidos, 506 notificações de trânsito, 262 atividades periciais pela Politec e apreensão de três menores. O titular da Secretaria Adjunta de Integração Operacional (Saiop), coronel PM Victor Paulo Fortes, destacou o resultado positivo da ação e disse que o objetivo é deflagrar outras ações integradas nas demais Risps de Mato Grosso. “Concluímos a fase ostensiva com êxito, que terminou com a prisão de autores de vários delitos. O trabalho continua com a investigação a ser desempenhada pela delegacia de roubos e furtos de veículos. Nosso foco é ampliar estas ações repressivas para todo o Estado”, destacou. Ao todo, durante a ação que ocorreu nos dias 16 e 17 passados, foram empregados 196 profissionais das forças de segurança: Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Detran, Ciopaer, além das unidades da Guarda Municipal de Várzea Grande, Indea, Polícia Rodoviária Federal e Sefaz.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL