NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
POLÍCIA
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h:54

MORTE DE PERSONAL

Pivô de morte de personal é presa

Ane Lise Hovoruski de 29 anos foi presa na última terça-feira no estado do Paraná. Ela é suspeita de ser o pivô da morte do personal Danilo Nascimento do Campos, 28 anos, no dia 08 de novembro do ano passado, no Bairro Duque de Caxias em Cuiabá. O marido de Ane, Guilherme Dias de Miranda, 35 anos é suspeito de ter encomendado a morte. Segundo informações da Polícia Civil, Ane que foi aluna na academia que o personal trabalhava, teve o mandado de prisão temporária (30 dias) cumprido, na terça-feira (20), na cidade de Foz do Iguaçú, no Estado do Paraná, pela Polícia Civil paraense, em apoio a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Hoje uma equipe da Delegacia de Homicídios segue para Foz do Iguaçú para recambiar a presa a Cuiabá. A delegada Alana Derlene Cardoso, que preside o inquérito policial, disse que toda a DHPP, neste momento, está nas ruas para dar cumprimento ao mandado de prisão contra outros dois envolvidos. A delegada Alana Cardoso afirma que as investigações da DHPP apontam para o envolvimento da mulher no crime. Análises das ligações telefônicas da vítima, da mulher, do marido Guilherme e do suspeito ter atirado, Walisson Magno, concluem que Ane Lise usando um número telefônico, habilitado naquela semana, ligou para a vítima, marcando encontro no local onde foi executado. A polícia segue na procura de Guilherme Dias de Miranda que teria encomendado a morte do personal por ciúmes da mulher e Walisson Magno de Almeida, 27 anos, apontado nas investigações como a pessoa que efetuou os tiros. Os mandados de prisão são da 12ª Vara Criminal de Cuiabá. O vereador Nilo Campos, pai do personal afirma que com a prisão de Ane começa a aliviar um pouco esta dor. “Recebi a notícia com muito alívio. Começa a aliviar e fazer justiça. Fica a sensação que vamos fazer a justiça em nome de Deus e eles vão pagar por tudo que eles fizeram contra meu filho e minha família e contra a sociedade”, diz. O caso – O corpo do personal foi encontrado caído ao lado do carro, na Rua General Ramiro de Noronha. O crime aconteceu no dia 08 de novembro de 2017. Testemunhas informaram que a vítima estacionou o carro e ao descer foi alvejada por tiros, efetuados pelo garupa de uma motocicleta, com dois homens, que posteriormente, seguiu em direção a Avenida Miguel Sutil. (AA)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
A quem interessa a rixa entre o governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro?
Ao governador do Estado
Ao prefeito da Capital
Aos grupos políticos que miram as eleições de 2020
Isso só prejudica a população em geral
PARCIAL