NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019
POLÍCIA
Sexta-feira, 17 de Maio de 2019, 01h:50

OPERAÇÃO INTEGRADA

Segurança combate crime nas proximidades de estradas federais

Com foco no combate a crimes nas regiões próximas a rodovias federais que cortam Mato Grosso, foi lançada a fase ostensiva da operação “Salutem”, no trevo da Rodovia Mario Andreazza com a Estrada da Guarita, em Várzea Grande. A ação integrada é realizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), em parceria com outros órgãos estaduais e municipais, com o emprego total de 100 agentes, 45 viaturas policiais e dois helicópteros.

Segundo a Sesp, o objetivo é promover a prevenção e repressão imediata aos crimes de roubos e furtos de veículos e cargas, adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes, transporte irregular de cargas, porte ilegal de arma de fogo, descumprimento de medidas sanitárias, entre outros. Para isso, o órgão estadual conta com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

Nesta operação, são contemplados os municípios da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) II, sendo eles, Nobres, Jangada, Rosário Oeste, Nossa Senhora do Livramento e Poconé, além de Várzea Grande. As próximas fases consistem em profilaxia (barreiras e saturação), contenção (cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão). A previsão é que a operação seja realizada ao longo de 30 dias, incluindo todas as fases e etapas.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, explica que as ações ocorrem tanto nos locais de acesso às rodovias federais quanto os bairros do entorno. “Serão feitos bloqueios, saturação, cumprimento de mandados, enfim, fiscalizações e combate a crimes diversos, contando com a integração de todas as forças de segurança e outros órgãos”, disse por meio da assessoria de imprensa.

Crimes envolvendo veículos automotores também serão focados pela Salutem, como explica o titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), Diego Martimiano. “O intuito é contribuir com a segurança pública e reduzir os índices criminais relacionados a roubos, furtos e receptação de veículos, além de constatar possíveis adulterações de sinais identificadores”.

Agentes do Indea-MT também atuam na operação. “Serão fiscalizadas cargas de produtos de origem animal e vegetal, e é uma oportunidade boa que temos de trabalhar a conscientização também dos condutores nesse sentido”, ressalta o assessor técnico da presidência, Max Campos.

Os profissionais que atuam na operação receberam capacitação, entre os dias 1º e 30 de abril, a respeito de identificação veicular e documental. Participaram desta primeira fase 92 pessoas, entre agentes de fiscalização de trânsito dos municípios, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da PRF e do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran). “Estão todos preparados para atuarem conosco na fiscalização de trânsito, checagem de documentação veicular e de condutores, visando à segurança de todos”, destaca a gerente de Fiscalização do Detran, Kerollain Pacheco. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.



ENQUETE
Em sua opinião, qual deve ser a prioridade do futuro governador de MT?
Reduzir o número de Secretarias de Estado
Concluir as obras do VLT
Pagar dívidas com fornecedores
Saúde, Educação e Segurança Pública
PARCIAL