Imagem

Sexta-Feira, 02 de Janeiro de 2015, 21h:53

Tamanho do texto A - A+

José Medeiros assume no Senado

KAMILA ARRUDA

O policial rodoviário José Medeiros (PPS) já responde como senador da república. O socialista, que ocupa a cadeira deixada pelo governador Pedro Taques (PDT) no Congresso Nacional, tomou posse nesta quinta-feira (1º) juntamente com outros três suplentes. Medeiros se afastou de sua função na polícia para assumir o mandato de senador pelos próximos quatro anos. Ele será o único representante do Partido Popular Socialista (PPS) no Senado Federal. O socialista pertence à bancada de oposição, mas garante que não vai adotar a linha dura em relação ao Palácio do Planalto como fez o então titular da cadeira. Medeiros se junta aos senadores Blairo Maggi (PR) e Wellington Fagundes (PR), que toma posse em 1º de fevereiro. Todos possuem base polícia no município de Rondonópolis. De acordo com o novo senador, uma de suas principais prioridades no exercício do mandato será trabalhar em prol do setor produtivo de Mato Grosso. “Um dos principais objetivos do nosso mandato será trabalhar para que a produção agrícola do nosso Estado continue quebrando recordes e gerando riqueza para Mato Grosso. Mas é preciso criar políticas públicas que tornem o Estado menos atrapalhador, com segurança jurídica para quem investe aqui e que olhe não apenas para os grandes produtores, e que consiga criar ações que elevem a base da agricultura familiar ao topo da cadeia produtiva”, afirma Medeiros. Medeiros enfrentou uma verdadeira batalha judicial para assumiu o posto de senador. O seu mandato de primeiro suplente da coligação encabeçada por Taques foi alvo de questionamentos na Justiça. Os principais apontamentos foram feitos pelo empresário Paulo Fiúza. No entanto, ele não obteve êxito. Processos neste sentido ainda tramitam na Justiça.

Ultimas Notícias

Enquetes

O que você acha sobre os ataques terroristas na França?
Horrível
Assustador
Nada
Legal

Mais Lidas

Mais Comentadas